vai-e-faz_720x90
Política Mais Cedo Últimas Notícias

Mídia nacional repercute aluguel de Lira ao governo federal da ordem de R$ 300 mil por mês

vai-e-faz_720x90

A mídia nacional está repercutindo o aluguel do senador paraibano, Raimundo Lira (PMDB), ao Governo Federal no valor de R$300 mil por mês. Vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, a ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial) paga R$300 mil mensais pelo aluguel de sua sede, em Brasília.

O contrato de locação prevê um calendário anual de ajuste, sem redução de valor, até 2026. O valor mensal saltou de R$210 mil, em 2015, para R$300 mil em 2017.

De acordo com um relatório interno da própria agência, o senador recebeu três meses de aluguel (R$ 630 mil)  antes mesmo que a agência ocupasse o imóvel. As reformas consumiram R$2 milhões.

O Tribunal de Contas da União e a Procuradoria-Geral da República fizeram questionamentos informais sobre o caso ao comando da agência, segundo o jornal ‘Estado de São Paulo’.

O senador explicou que não houve pagamento antecipado, mas prazo para a realização de reformas para a adaptação do prédio para seu uso.

“Se eles demoraram 90 dias para a realização das obras o problema não é meu”, disse o parlamentar.

 Também segundo relatório interno da ABDI, hoje, 500 metros quadrados do imóvel – um prédio de três andares no setor Comercial Norte em Brasília – estão ociosos. O relatório recomenda ainda a troca de endereço, o que configuraria quebra de contrato representaria uma economia anual de R$ 1,5 milhão aos cofres da ABDI.

Procurada, a assessoria da ABDI afirmou a agência “não é integrante da administração pública direta ou indireta, de forma que não há infringência ao Artigo 54 da Constituição Federal”, que proíbe contratos entre parlamentares e órgãos públicos.

O contrato tem assinaturas de Alessandro Teixeira, que foi ministro no governo Dilma Rousseff e o diretor da Agência, que é primo do presidente do TCU, Aroldo Cedraz.

Lira afirmou que está disposto a uma renegociação com a agência, até mesmo para a devolução do imóvel, se eventualmente “houver algum impedimento”.

Da Redação

 

 

Comments

comments

vai-e-faz_720x90
▉ Publicidade
▉ Publicidade
▉ Publicidade
▉ Colunista
▉ Tempo
Tempo em Campina Grande
27°
18°
tiempo.com  +info
▉ Facebook
▉ Publicidade
▉ Publicidade
▉ Publicidade